Terça-feira, 18 de Agosto de 2009

Ainda me lembro da primeira vez que te vi

Brilhante, dono do amarelo do sol, rei do teu jardim
Lembro-me de correr para ti, de saltar para o teu trono.
E sentir-me a dona do mundo, voando sem ter asas.
De dia acreditava ser capaz de agarrar o sol, à noite tentava tocar nas estrelas
Quase fazia o pino e deixava o meu cabelo ser arrastado por ti na relva
Mas o sol, a chuva, o tempo e o uso (ou desuso) envelheceram-te.
O teu amarelo passou a cinzento e as tuas correntes outrora prateadas não passavam agora de ferrugem.
Já não és o mesmo jovem, já tens dificuldade em baloiçar.
Agora apenas ficou o nada no teu lugar. O que resta de ti são as minhas memórias, dos dias em que me permitiste voar.
Mas um dia também o meu cabelo deixará de ser preto, passando a ser branco como a espuma.
A minha pele passará a ter rugas e terei dificuldade em dar cada passo.
Verei os meus netos brincar, voarem como eu voei e ouvi-los-ei a rirem-se e vou recordar-te.
E no dia em que tiver de abandonar tudo
Numa noite quente de verão, sei que vou abrir a porta e ver-te.
O meu velhinho baloiço.
Caminharei lentamente agarrada à parede até perto de ti, largarei o meu apoio e darei pequenos passos até ti.
Sentirei a relva húmida tocar-me nos pés, e quando as pernas já não aguentam e estou prestes a cair.
Agarro-me às tuas correntes ferrugentas,
E como por magia, o teu amarelo regressa, voltas a brilhar só para mim.
E eu voltei a ser a criança que já fui.
Agarro-me bem às tuas correntes e salto para o teu colo.
Baloiço as minhas pernas, dou impulso com os braços.
E voo em ti, uma última vez, sempre mais alto.
Afinal nunca é tarde para tocar uma estrela
 


publicado por Sandy às 11:28 | link do post | comentar

8 comentários:
De S a 18 de Agosto de 2009 às 13:33
tão lindo o texto...


De Sandy a 18 de Agosto de 2009 às 14:35
Obrigada (:


De alphonselopes a 18 de Agosto de 2009 às 14:42
epa pra mim o alentejo é o terror, meio de nada, calor bué cóco, enfim.

gostei do texto :)


De alphonselopes a 18 de Agosto de 2009 às 15:14
nunca fui ao minho e não sou grande fã de lugares calmos x)

enfim, beijinho


De aespumadosdias a 18 de Agosto de 2009 às 18:10
Era bom andar de baloiço.
Faz tanto tempo...


De Sandy a 19 de Agosto de 2009 às 15:06
Mesmo bom... mas parece que com o passar dos anos acabamos por esquecer ne?

Beijinhos*


De v. a 18 de Agosto de 2009 às 18:45
Este é sem dúvida um dos melhores textos que já por aqui li. Está fantástico, nem tenho palavras. Vai para os favoritos.

beijinho


De Sandy a 19 de Agosto de 2009 às 15:10
Muito muito obrigada =) Fico feliz que tenhas gostado*

Beijinhoos*


Comentar post

mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
14
16
17
18
19

20
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Feliz Natal!

Dietas

Aniversário

Férias

Primeira vez

Um mês

arquivos

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Posts mais comentados
47 comentários
28 comentários
favoritos

Filha de ninguém