Terça-feira, 8 de Dezembro de 2009

Novo aspecto do blog.  Espero que gostem.

Aproveito para agradecer a todas as pessoas que têm vindo ler o meu blog. Um sincero obrigada a todas.

Nova forma de ver a vida



publicado por Sandy às 18:53 | link do post | comentar | ver comentários (16)

Não tenho muito para dizer. Até poderia fazer um post apenas com a palavra:

Nada

Por muito que esteja tentada a fazê-lo, a deixar tudo assim, quero contrariar esta sensação de vazio, de nada.

Assim posso fazer um post, que nada diz, mas que vai sendo feito de pequenos nadas, pequenos objectivos para este nada:

Ò Estou com o desejo de mudar o aspecto do blog. Começo a ficar farta deste.

Ò Ganhar coragem para acabar de estudar biologia, que tenho teste sexta-feira.

Ò Quero ir ler. Tenho imensos textos e livros para ler. Assim que realizar os dois pontos anteriores, vou ler. Ou então leio e depois logo vejo os dois pontos anteriores.

Ò Arrumar o caos em que o meu quarto se tornou.

Ò Fazer os mil trabalhos de matemática que tenho por fazer.

Ò Comprar presentes de Natal.

Ò Deitar fora os desenhos que tenho em cima da minha secretária. Ou apenas enfiar dentro de uma pasta, dentro de uma caixa que vá para dentro de um armário qualquer do escritório.

Ò Parar de fugir da realidade.

Ò Agradecer aos meus amigos a paciência que têm tido comigo.

 

Afinal tudo começa do nada. E é mesmo isso que eu estou a pensar em fazer. Porque no fundo, tenho um monte de nadas para começar e acabar.  

No more Running Away

 

P.S. E consegui utilizar apenas oito vezes a palavra nada. Nove.

 



publicado por Sandy às 16:25 | link do post | comentar | ver comentários (9)

mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
14
16
17
18
19

20
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Feliz Natal!

Dietas

Aniversário

Férias

Primeira vez

Um mês

arquivos

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Posts mais comentados
47 comentários
28 comentários
favoritos

Filha de ninguém