Sábado, 21 de Novembro de 2009

É um facto. Quando estamos felizes, um fantasma do nosso passado visita-nos.

Ele: Tem piada encontrar-te no maior centro comercial do país.

Eu que ao inicio nem vim de onde é que a voz vinha fiquei baralhada, entre as prendas e sacos que tinha na mão, rodei no meu eixo. Faltou-me o ar. As pernas tremeram. Na minha mente apenas gritava Corre Andreia mas as pernas não se moveram.

Ele: Cresceste… Vi uma rapariga mesmo parecida contigo no Verão. O cabelo está comprido. Estás bonita.

Corre Andreia. Corre!

Ele: Nunca mais tive notícias tuas… (agarra-me no braço e senti que o olhar dele trespassava-me) Podiamos ter ficado amigos.

Corre agora, ou será demasiado tarde!

Soltei o braço e continuei na direcção da loja do Gato Preto. Olhei para trás e vi-o. O rapaz loiro a olhar para mim com olhos ternurentos, os braços esticados na minha direcção e a boca a chamar-me docemente. Mas ouvi  o bater da raiva no seu peito a dizer Odeio-te.

Jurei que ia fingir que não tinha tudo passado de um pesadelo. Foi tudo um pesadelo.

 

 



publicado por Sandy às 23:57 | link do post | comentar | ver comentários (10)

mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
14
16
17
18
19

20
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Feliz Natal!

Dietas

Aniversário

Férias

Primeira vez

Um mês

arquivos

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Posts mais comentados
47 comentários
28 comentários
favoritos

Filha de ninguém