Sábado, 3 de Outubro de 2009

              Sabem aquelas pessoas, que sem percebermos porquê, gostamos delas? Aquelas pessoas que sem motivo algum aparente conseguimos sentir empatia desde o primeiro dia?

         Eu conheço uma pessoa assim. Uma pessoa que sem motivo algum desde o primeiro dia que o conheci gostei dele. Sem nenhum motivo aparente (não.. Não é por ser giro) soube que gostava de ser amiga dele.
         E falo com ele quase como se o conhecesse há muito mais tempo do que o conheço na verdade. E sinto que é alguém que tenho como amigo. Mas começo a acreditar que ele acha que eu devo ter uma panca por ele xD Mesmo assim torna-se inevitável falar com ele, querer saber como está, querer inclui-lo de alguma forma na minha vida.
         Será por me transmitir tanta naturalidade? Tanta espontaneidade? A maneira como fala, como olha faz-me acreditar nele. Faz-me olhar para ele e não ver o homem que está à minha frente, mas um rapazinho. Desejar poder protegê-lo, saber que está bem.
         Esta sensação é tão forte ao ponto de me fazer pensar durante a noite numa forma de o fazer feliz. De ter a sensação que fiz algo para o ajudar.
         Sei que teve momentos nada felizes durante a vida e apesar de saber que os superou muito melhor do que eu teria feito (o que me dá fundamento para admirá-lo) sinto que quero ajudar. Mesmo que seja uma coisa irrelevante quero ajudar. Quero saber que ele está bem, que a vida lhe corre bem. Não quero perder contacto com alguém que é um desconhecido mas que eu olho como amigo.
         Convidei-o para o meu jantar de anos. A primeira vez que o convidei fiquei receosa de o fazer. Tinha medo que se fosse, se sentisse mal ali. Não conhecia ninguém e provavelmente sentiria-se um pouco a mais. Mas convidei, porque no fundo eu queria que ele fosse. Acabou por dizer que não ia.
         Na quarta-feira à noite, do nada lembrei-me da minha professora de Espanhol. Há muito tempo que não falava com ela e acabámos por nunca combinar nada para nos encontrarmos. Foi nesse momento que se fez luz na minha cabeça: convidá-la para o meu jantar. Eu gosto dela e tenho saudades de a ver. Mas se ele seria complicado, ela ainda mais. Foi aí que me lembrei que ele também gostava muito dela e tinha quase certezas que ele ia gostar de estar novamente com ela.
         Então liguei-lhe. Falei-lhe do jantar, das idades e dele. Ela mostrou-se logo entusiasmada, disse que ia e que era uma óptima forma de nos reencontrarmos. Fiquei mesmo feliz! Primeiro por ela ter aceitado a ideia do meu jantar tão depressa, depois porque ia reencontrá-la e por fim porque tinha quase certezas que ele também ficaria feliz.
         Mais tarde acabei por mandar uma mensagem a ele, não a perguntar se podia, mas a pedir que viesse ao meu jantar. Ele costuma responder-me sempre às mensagens e a esta ainda não respondeu… Deve mesmo achar que estou interessada nele xD Ei de arranjar uma forma de lhe explicar que não quero que ele vá preso..
         Agora não sei que ei de fazer. Não sei se pensei bem e começo a achar que me estou a preocupar demasiado com alguém que mal conheço… Ainda por cima não diz nada e eu preciso mesmo de saber se ele vai ou não…
         Mas mesmo assim, se ele for eu sei que vai gostar de a ver. Se ele sorrir já sentirei que fiz algo de útil, por muito irrelevante que seja. Sentirei que o ajudei da melhor forma que consegui, mesmo que não precisasse de ajuda. Só quero ver aquele menino - homem sorrir.
 
 
 

 

Ontem à noite as coisas não me estavam a correr lá muito bem... A minha mãe teve que ir até ao médico  e fiquei com a sensação de que o meu pai começou a descarregar em mim. O que vale é que antes da meia-noite consegui resolver tudo... Se calhar mais valia ter ido ao jantar da Catarina...

 

Beijinhos para todos e Bom sábadoo!

 

 


sinto-me Inútil

publicado por Sandy às 12:39 | link do post | comentar | ver comentários (9)

Sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

Finalmente chegou o fim-de-semana ^^ Pensava que nao ia chegar viva até acabar esta semana...

 

Não que tenha sido muito cansativa, porque nem foi. Apenas queria mesmo o fim-de-semana. Todos os dias pensava nos dias, nas horas, nos minutos e nos segundos que faltavam até ao fim-de-semana. Isto porque era para ir até ao Porto. Mas como foi tudo adiado, acabei por ficar sem planos para o fim-do-semana. Mesmo assim estou feliz: vou conseguir descansar, dormir mais (não tenho dormido nada mesmo) pôr a conversa em dia e ter descanso da escola e tudo o que esta envolve.

 

Ou nem tanto, tenho que estudar e trabalhos para fazer. Inclusive um trabalho de Biologia sobre a contracepção. O meu grupo é a Inês e o JP. Eu estou feliz por ir trabalhar com eles, porque estou com pessoas com quem me dou bem e que me percebem. Mas hoje cometi um erro, acabei por mostrar este blog ao JP... Só espero que ele não venha cá ler mais nada e que principalmente não mostre a ninguém. Fiquei mesmo arrependida por ter-lhe mostrado, mas agora ja nao posso fazer mais nada. Este é o meu espaço, onde falo de muita coisa que se calhar não queria que ele soubesse. Mas enfim...

 

A semana foi muito simples, em resumo:

  • Comecei a tratar das coisas para o meu jantar, fazer a lista de pessoas que vêm e escolher um local;
  • Não percebo nada de matemática - o Diogo tem-me ajudado com os trabalhos de casa e vou ver se o Ruben da minha escola consegue ajudar-me tambem.
  • Fiz um trabalho de área de projecto, em que uma actividade que o meu grupo propunha era paintball... Com a qual nem concordei. Mas va, aceitei. Na apresentação tive um bloqueio mental e esqueci-me de mais de metade das coisas que tinha de falar.
  • Combinei ir até Sta Maria para a proxima semana ver o baptismo do Diogo.
  • Vou faltar ao jantar da Catarina hoje, porque so recebi a mensagem dela ontem à noite mas espero bem que ela tenha um dia muito feliz e que o jantar corra bem (18 aninhoooos)
  • Liguei à minha professora do curso de Espanhol (Eleanora) com quem nao falava desde o fim de Julho (excepto quando lhe dei os parabens mas foi so uma mensagem)
  • Tenho um trabalho de biologia para fazer (Mas a matéria é gira e como o grupo é so rir, vai ser fácil de fazer).

Agora aquilo que tenho que fazer:

 

  • Convidar o resto das pessoas que faltam e confirmar se vao ou nao
  • Decidir se vou fazer na Marina de Cascais ou num restaurante em S.João (tenho que ir lá almoçar com o Rui na terça)
  • Dar os parabéns ao Jorge (que faz 14 aninhos dia 4 e a quem ando a fazer uma contagem decrescente, desde a festa do meu primo Miguel).
  • Ir visitar a minha prima e o filhote, Martim.

Bem, peço desculpa por esta lista mas é para me orientar lol

 

Agora vou começar o meu trabalho de biologia para depois juntarmos a parte de cada um. Depois devo ir até ao Colombo às compras. Por fim, quero ligar à Sarinha para saber como anda a vida dela que não tem dado para falarmos muito.

 

Por fim quero falar muito com o Filipe ^^ de quem me afastei muito esta semana... E que se não me engano a irmã dele vai-se casar no Domingo! Muitas Felicidadees (: Ela merece de certeza, porque aturar o Filipe não deve ter sido nada fácil. Ele tinha cara de pestinha.

 

 

Beijinhos para todos e Bom fim-de-semana prolongado!


sinto-me Preguiçosa

publicado por Sandy às 14:46 | link do post | comentar | ver comentários (13)

mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
14
16
17
18
19

20
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Feliz Natal!

Dietas

Aniversário

Férias

Primeira vez

Um mês

arquivos

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Posts mais comentados
47 comentários
28 comentários
favoritos

Filha de ninguém