Domingo, 1 de Novembro de 2009

Bom dia

 

Ontem à noite recebi uma surpresa! Uma amiga minha que vive aqui perto pediu-me para ir a casa dela, eram umas 22h. Estranhei mas como estava sozinha, sem nada para fazer,lá fui eu. E chorei quando lá cheguei. A Sara estava ali, mesmo à minha frente. O meu coração parecia que ia parar. Desde que ela foi viver para Coimbra (e há coisa de um mês para a Suiça) nunca mais estive com ela. Já não a via há meses! Por isso abraçá-la, falar com ela, vê-la deixou-me feliz. Mas hoje de manhã, foi embora. Pediu-me para ir com ela, mas eu não podia. Vai visitar a Rute ao cemitério hoje. Eu só devo ir para a próxima semana, porque não tenho como ir lá hoje.
Mas fiquei tão feliz de a ver, de a ter perto de mim. Não foi uma noite das bruxas muito vulgar, mas deve ter sido uma das melhores noites de Bruxas que já tive. E vocês? Assustaram muita gente?
E bem, faz hoje um ano. Poderia dizer que faz hoje um ano que perdi uma das minhas melhores amigas mas não. Faz hoje um ano que eu comecei a mudar. Faz hoje um ano que deixei de ver a Rute com o seu grande sorriso, mas que passei a senti-la todos os dias comigo. Faz hoje um ano. Ela teria 17 anos hoje.
Foi uma mudança muito grande na minha vida, mas aqui estou a escrever este texto. Mentiria se dissesse que não estou triste. Estou, as saudades são muitas. Mas ao contrário do que aconteceu há um ano, em que eu entrei numa depressão um bocadinho complicada, hoje sinto-me leve, bem.
“À Andreia… não lhe digam nada. Nada não. Digam que eu a amo. Que é a melhor amiga que uma rapariga pode ter. Nunca a deixem culpar-se por nada! Ela vai culpar-se mas não a deixem. Se não fosse a luz dela, não teria aguentado tanto. E… e por favor ajudem-na, parece ser muito forte mas é demasiado frágil. Mas digam-lhe só que a amo.(…)E quero que todos sejam muito felizes, sempre e para sempre. Aconteça o que acontecer, estarei com todos,”
 

Beijinhos e resto de bom feriado!

 


sinto-me Leve
música Leave out all the rest - Linkin Park

publicado por Sandy às 12:03 | link do post | comentar

14 comentários:
De Young MJ* a 1 de Novembro de 2009 às 14:04
ObrIGADA=)

Eu sou um pássaro, andei a voar e avoar mas chegou a hora de me assentar...so' que eu não sei como vai ser...:s n sei se fiz bem ou não.Erro sempre nestas escolhas!=S

*BEIjinhos e ObriGada*:)


De ♫ Chuva de Prata ♪ a 1 de Novembro de 2009 às 15:46
Fico muito feliz por esse encontro! =') Imagino que deva ter sido muito emotivo e importante...
Quanto à Rute, não sei o que dizer, nunca passei por algo parecido, mas penso que um momento como esse pode mudar por completo uma pessoa.

Beijinho* E sê feliz ^^,


De Sandy a 1 de Novembro de 2009 às 21:03
Obrigadaaa (:
E sim, pelo menos mudou-me muito. Agora se foi para melhor ou para pior não sei. Mas esta sou eu :)

Beijinhos**


De Joana Maria a 1 de Novembro de 2009 às 15:51
Nao tive muito tempo para assustar pessoas, mas pronto.
Sinto muito pela tua amiga.

Beijinhos, fica bem!


De Sandy a 1 de Novembro de 2009 às 21:04
Ja somos duas lol

Beijinhos e obrigada :)


De # Mars. a 1 de Novembro de 2009 às 16:04
Muito obrigada pelas palavras :)
Lamento pela tua amiga. Nunca passei por uma situação dessas, mas sei que deve ser muito dificil...

Beijinhos*


De Sandy a 1 de Novembro de 2009 às 21:06
De nada. Se te ajudaram, fico feliz :)
É dificil, mas com a ajuda certa e com as pessoas certas, acabas percebendo que o melhor que podes fazer é seguir em frente :)
Beijinhos*


De Dreamer a 1 de Novembro de 2009 às 19:40
O video é muito emocionante. Nunca vivi de perto com uma situação do género, mas deve ser muito complicado conhecermos uma pessoa que vemos cheia de alegria e feliz, que afinal parece que não conhecemos assim tão bem e afinal não estava assim tão bem!
Morreu de anorexia? Desculpa ser tão directa =/


De Sandy a 1 de Novembro de 2009 às 21:14
Sim, é mesmo muito triste... Na altura fiquei destroçada, mas ao mesmo tempo furiosa. Furiosa com ela, furiosa comigo por não a ter ajudado, por não ter percebido ao ponto que as coisas tinham chegado.
Ela estava mesmo muito doente, passou muito tempo no hospital... Mas eu tinha aquela ilusão que ela ia ficar bem, porqu tinha uma grande força mesmo!
Mas acabou por se matar há um ano. Não estava ninguém em casa, escreveu a carta o poema, pôs um saco na cabeça e aguentou... Os psicologos disseram-me que ela tinha de estar mesmo muito doente, porque o instinto de sobrevivência humano não permite que te mates assim, a qualquer altura ela podia ter tirado o saco...
Foi triste, doloroso. Mas acabou, já passou.
Obrigadaa beijinhos*


De Dreamer a 1 de Novembro de 2009 às 22:40
Meu deus, fiquei sem palavras para o que escreveste... realmente o que os psicologos disseram tem lógica, porque geralmente as pessoas que se tentam suicidar, á última não conseguem, ou pelo menos tentam suicidar-se com coisas mais fáceis... porque dessa forma, era preciso estar mesmo desesperado.
Nem quero imaginar como ficaram os pais ao dar com a filha assim em casa... que dor.
Olha fiquei mesmo chocada, e sem palavras... principalmente pela maneira como ela se suicidou...
Uma vez estava no Porto, a passear na ribeirinha, e um homem atirou-se da ponte D. Luís e foi tão estranho presenciar aquilo, o que fará com alguém próximo de nós.
Mas como dizes, já passou... a vida continua.
Obrigada eu, por partilhares comigo esta experiência que me chamou a atenção! :)


De Sandy a 4 de Novembro de 2009 às 16:34
São coisas que mexem connosco ao vermos que há pessoas que acabam assim com a vida...
De nada! Obrigada mas é eu, por teres visto (: so quero que as pessoas abram os olhos para a anorexia que como ouvi muita vez dizer "não é nenhuma doença"..
Beijinhos


De S a 2 de Novembro de 2009 às 13:02
às vezes as pessoas não encontram força para continuar e desitem, quem tem a culpa? ninguém, foi um momento, uma atitude, errada, mas atitude, ninguém espera por isso não a podemos controlar, mas o que importa é que tenhamos sempre dado a essa pessoa a nossa amizade, que tenhamos sempre dad tudo o que há em nós e como ela disse no que escreveu, tu deste-lhe isso, deste-lhe vida, luz e princippalmente amizade e tenho a certeza que isso foi algo que ela levou no seu coração como uma recordação boa.
Lamento que tenhas passado por isso, ninguém merece perder alguém que ama, seja de que forma for, mas dos acontecimentos temos que tirar lições e tentar continuar com vida, sabendo que essa pessoa acompanhara-nos sempre no nosso coração...
bjinhos*


De Sandy a 4 de Novembro de 2009 às 16:36
Sim, eu acho que este dia me ensinou muita coisa. E transformou-me um bocadinho no que sou hoje. E sim concordo contigo, são pessoas que estão sempre connosco :)

Obrigadaa e beijinhos


De Marafadinha a 10 de Novembro de 2009 às 08:38
Bonita Homenagem.
QUe sirva de exemplo para muitos jovens e pais.
Beijocas


Comentar post

mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
14
16
17
18
19

20
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Feliz Natal!

Dietas

Aniversário

Férias

Primeira vez

Um mês

arquivos

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Posts mais comentados
47 comentários
28 comentários
favoritos

Filha de ninguém


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com